Buscar

Yoga além do tapete!

Atualizado: 17 de Set de 2019



Para Fe Cortez, defensora da ONU para a campanha Mares Limpos e idealizadora do Movimento Menos 1 Lixo, o objetivo é causar e possibilitar a mudança de comportamento, fortalecendo assim consumidores empoderados e conscientes de que cada um pode e deve agir para um mundo mais limpo, próspero e sustentável. “Eu acho que são os pequenos hábitos que vão te dar o panorama do todo. É um processo gradativo, ou seja, cada vez que você fortalece um pequeno novo hábito, você vai mudando o seu olhar, sua visão de mundo e revê outros hábitos. Eu acho que é um ciclo virtuoso de elevação da consciência, a cada dia você vive uma nova descoberta”.

E isso é só o começo. Segundo a Tati, a ideia é sempre compartilhar com os alunos boas práticas para uma vida mais fluida. A yoga e a meditação somente têm a acrescentar na maneira de viver com mais coerência e responsabilidade. Por meio da nossa respiração, essas práticas nos ajudam a estarmos na presença e, estando nela, conseguimos ver o que realmente é importante e necessário, seja no cuidado próprio, seja no coletivo, tendo sempre em mente que a prática é diária e gradativa.

“Na busca de conhecer melhor sobre a prática e o estudo do Ser, tenho aprendido que podemos levar esta consciência para todas as nossas ações. Tenho um grande amor pelo yoga e acredito que através desta união de corpo, mente e alma temos a possibilidade de nos tornarmos pessoas melhores e assim podermos ajudar na possibilidade de um mundo melhor”, Tati Fernandes.

“Acho que a meditação traz muito esse olhar do observador, do que é realmente importante, do que causa impacto, do que pode mudar na gente. É o olhar da consciência, do eu responsável por suas ações. A prática faz com que você se torne um potencial implementador de mudanças do sistema”, Fe CortezMuito além do tapete

Por mais difícil que seja o asana (postura), costuma-se afirmar que o yoga mais fácil é justamente aquele feito no tapetinho. E se partirmos do ponto que yoga significa união, podemos ter uma idea do que essa afirmação pode estar tentando nos dizer. Então como seria levar o yoga para nosso dia a dia, com mais integração com o todo?

Quando começamos a praticar, é comum passarmos a prestar mais atenção nos nossos hábitos. O nosso corpo começa a mudar de dentro pra fora e de repente nos pegamos pensando em começar a meditar, melhorar nossa alimentação, nossa conduta e a procurar mais informações. Ao praticarmos com um professor, passararemos a entrar em contato também com a filosofia do yoga, com alguns mantras, o que naturalmente nos fará refletir sobre viver de uma maneira mais saudável e leve.

Finalmente, ao desenvolvermos mais autocuidado, autorresponsabilidade, e compreendendo a essência da palavra união, começamos a estender este zelo ao nosso entorno, mudando hábitos para o bem estar também do coletivo. Lokah Samastah Sukhino Bhavantu – Que todos os seres sejam felizes e livres. “O yoga é um caminho para o autoconhecimento e evolução pessoal. Através do yoga percebi que respirando e abrindo meu corpo para novas formas e sensações, também me abria para novas maneiras de experienciar o mundo”, explica Tati Fernandes, yogi e empresária do Shanti Yoga Studio, que passou a buscar projetos e iniciativas para fomentar atitudes que direta ou indiretamente reforçam essa visão do cuidado externo, tendo em vista que seus alunos já trabalham o interno com a prática.

Ser em conexão com o ambiente

Uma das primeiras parcerias do Shanti foi com o projeto Eco Balde, que coleta os resíduos de alimentos na casa das pessoas semanalmente para fazer compostagem, devolvendo uma vez ao mês adubo ou alguma muda de planta. “O modo como o resíduo é tratado hoje causa problemas ambientais e sociais. E a compostagem é importante por possibilitar o ciclo natural do orgânico: sai do seu prato, vira adubo que alimenta a planta, que volta para o seu prato. Como sempre aconteceu na natureza. Cada um é responsável pelo que produz, temos que assumir essa responsabilidade”, pontua Günther Medeiros Frantz, engenheiro e criador do projeto.

E como não é possível atingir todos os bairros de Campo Grande, pois a coleta é feita de bicileta para gerar ainda menos impacto no meio ambiente, o Shanti passou a ser um ponto de coleta na comunidade, oferecendo ainda desconto nas mensalidades dos alunos que aderirem.

Outra iniciativa bem bacana, também na temática ambiental, foi incentivar o movimento dos copos reutilizáveis do Menos 1 Lixo trazendo-os para venda aqui em Campo Grande. Estes copos são livres de BPA, metais pesados e ftalatos, feitos de material reciclável, com design e produção 100% brasileiros. “Aqui no estúdio já colocávamos à disposição dos alunos apenas copos próprios no bebedouro. Mas agora também temos o copo lindo do Menos 1 Lixo à venda, que pode ser usado de várias formas, com bebidas quentes e frias, e vai tanto na lava-louça quanto no micro-ondas”, destaca Tati.


29 visualizações
LOGO_SHANTIYOGASTUDIO_WHITE.png

Atendimento secretaria:

Segunda à sexta
de 8h às 11h e 14h as 19hs

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

Fixo: (67) 3027-5904

        Vivo (67) 99937-5904
email:shanti.studio@gmail.com